O ano de 2018 encerrou mais um ciclo de gestão na Infratróia, E.M. o qual apostou numa consolidação da estrutura e melhoria generalizada dos processos da Empresa, assente nos princípios do serviço público de excelência, do equilíbrio económico-financeiro, da sustentabilidade ambiental e da eficiência operacional.

O empenho e envolvimento dos Colaboradores da Infratróia, permitiram responder com bons resultados aos desafios colocados, o que possibilita a que a Empresa disponha hoje, de condições e que esteja num patamar de desenvolvimento que lhe permite ter um caminho traçado para uma contínua evolução.

A atuação da Empresa tem sido direcionada e focada no cliente, com o intuito de atingir a excelência na satisfação das suas necessidades e na antecipação das suas expetativas, dando-se continuidade ao aperfeiçoamento das metodologias e práticas.

Continuando a ser prioridade a gestão eficiente dos recursos hídricos, a Infratróia manteve o seu foco na redução das perdas de água e do volume de água não faturada, bem como na qualidade da água fornecida, tendo reforçado as ações de fiscalização para atestar a conformidade das redes prediais, as quais permitiram a deteção de inúmeras situações não conformes. Estas ações, associadas às intervenções de manutenção na rede realizadas pelas nossa equipas, permitiram uma significativa redução das perdas de água e da água não faturada.

Para este efeito, foi fundamental, a conclusão do investimento no projeto de smart metering (telemetria), para medição e monitorização do consumo de água em tempo real, e a renovação integral do parque de contadores com telemetria, o que se traduz não só na redução de perdas, como na redução de gastos operacionais e na melhoria do processo de faturação.

Simultaneamente, e desenvolvendo todas as funcionalidades das soluções com conceito smart cities adquiridas anteriormente e do software de manutenção existente, as equipas de operação e manutenção, dispõem hoje de uma maior mobilidade, planeamento de trabalhos e informação cadastral disponível online o que permite a redução do tempo de resposta e uma maior eficiência operacional.

No que respeita à qualidade da água, com a revisão da monitorização operacional, com a inclusão de novos parâmetros entre os quais a Legionella pneumophila, e o aumento da periodicidade e dos pontos de controlo não só na rede de distribuição, como nas reservas e nas origens de água, foi possível atingir um nível de cumprimento dos parâmetros legais de 100%, atingindo-se assim o objetivo de água 100% Segura em Tróia, fundamental para estabelecer a confiança dos nossos Clientes na água distribuída e no incentivo ao consumo da água da torneira.

Sendo o regime de exploração das captações de água essencial para garantir não só a qualidade da água, como a proteção do aquífero e, sendo a desenvolvimento da cunha salina e, como tal, a consequente  intrusão salina um dos riscos identificados que poderão ter maior impacto neste setor de atividade, foi efetuada a contratação de uma assessoria no âmbito da hidrogeologia para acompanhamento da exploração e determinação de um regime que permita alcançar simultaneamente dois objetivos: a garantia da extração de água com qualidade e garantir a proteção do aquífero, com uma adequada exploração do mesmo face ao cenário de desenvolvimento atual.

Atendendo a que Tróia tem uma ocupação ainda com um cariz muito sazonal, tipicamente afetado pelas condições climatéricas, no ano de 2018 verificou-se uma ligeira redução do volume de negócios (- 1%), devido a um primeiro quadrimestre chuvoso que se refletiu na redução do volume de faturação da água para rega.

A aposta na maior robustez da Empresa nas suas diferentes vertentes, associada ao empenho e motivação dos seus Colaboradores, permitirá à Infratróia prosseguir no sentido da evolução e da prestação de um serviço público com mais Qualidade e eficiência aos seus Clientes.

Um agradecimento,

Aos Clientes, a confiança nos serviços prestados, 
Aos Colaboradores, que, com resiliência, responderam aos desafios propostos pela Administração, defendendo os nossos Valores, prosseguindo a nossa Missão focados na nossa Visão, 
Aos Acionistas, pela confiança concedida a qual tem permitido o desenvolvimento da Infratróia ao longo dos anos,
Aos anteriores Administradores, Engenheiro João Pedro Madeira, Engenheiro Ricardo Miguel Costa e Doutor Pedro Morais e Castro e aos restantes membros dos Órgãos Sociais da empresa, que igualmente exerceram funções no exercício agora findo, pela disponibilidade e colaboração prestada que contribuíram para os resultados alcançados no exercício de 2018.

O Conselho de Administração



Páginas Relacionadas

Administração
Áreas de intervenção
Recursos Humanos
Documentos
Contratação Pública